2 de julho de 2011

PRIMEIRO "CASAMENTO" DE MESMO SEXO NO BRASIL

 JUIZ BRASILEIRO APROVA O PRIMEIRO "CASAMENTO" DE MESMO SEXO
SÃO PAULO, 28 de junho de 2011 (Notícias Pró-Família) — Um juiz brasileiro aprovou a conversão da união civil de uma dupla de mesmo sexo num “casamento” legalmente reconhecido em 27 de junho, tornando-o o primeiro “casamento” homossexual do Brasil.
Fernando Henrique Pinto, juiz no estado de São Paulo, disse que baseou sua decisão numa decisão do Supremo Tribunal Federal em maio que aprovou as uniões civis, bem como na Constituição do Brasil — a qual descreve como uma união civil pode ser convertida em casamento — e numa resolução da ONU contra a discriminação com base na orientação sexual.
A dupla homossexual, identificada na Rede Globo como Sergio Kauffman Sousa e Luiz André Moresi, registrou sua união civil em 17 de maio, e fez a solicitação da conversão num tribunal estadual na cidade de Jacareí, a 85 km de São Paulo.
Não está claro quais implicações mais amplas a decisão do juiz Pinto terá. Embora a decisão dele possa ser derrubada por um tribunal mais elevado, a dupla homossexual disse para a TV Globo que se necessário irá ao Supremo Tribunal Federal. *
Copyright © LifeSiteNews.com. Este texto está sob a licença de Creative Commons Attribution-No Derivatives. Você pode republicar este artigo ou partes dele sem solicitar permissão, contanto que o conteúdo não seja alterado e seja claramente atribuído a “Notícias Pró-Família”. Qualquer site que publique textos completos ou grandes partes de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com em português tem a obrigação adicional de incluir um link ativo para “NoticiasProFamilia.blogspot.com”. O link não é exigido para citações. A republicação de artigos de Notícias Pró-Família ou LifeSiteNews.com que são originários de outras fontes está sujeita às condições dessas fontes.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Como diria Bóris Casoy: ISTO É UMA VERGONHA!!!
Aí está o que estamos para "assistir" no Brasil: "casamento" de pessoas do mesmo sexo...
Isto porque o próprio Estado reconhece como família homem e mulher:



Constituição Federal - Art. 226:
§ 3º para efeito da proteção do Estado, é reconhecida a união estável entre o homem e a mulher como entidade familiar, devendo a lei facilitar sua conversão em casamento. [itálicos, negritos e grifos meus]
A prova de que querem porque querem instituir o "casamento gay" e afins é o PLC 122 que quer instituir direitos e benefícios a uma parte da população sobre todos os outros. E que estão "doidos" para aprovar!
Eles não vão descansar até ver o projeto sendo aprovado pelo Senado Federal!
No Jardim do Éden, Deus instituiu a família: "Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus e sobre todo animal que rasteja pela terra." - GÊNESIS 1:27-28. 
A família é uma instituição através da qual a humanidade possa se multiplicar = aumentar. Acaso pode uma relação entre dois homens ou duas mulheres ser reconhecida como família, se eles não podem multiplicar? 
Desafio você, amigo(a) leitor(a) a deixar um comentário aqui, sobre sua opinião sobre o que é família e sobre casamento de pessoas de mesmo sexo!
Que DEUS tenha misericórdia deste povo que insiste em "jogar na lama" a Palavra de Deus!

A paz do Senhor a todos!

Missionária: Kátia Tribiolli
FONTE(S):
* TEXTO: copiado do blog JULIO SEVERO em 2 de julho de 2011.
BÍBLIA SAGRADA (pesquisa e estudo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE!
Sua opinião é muito importante para o blog!
Deixe aqui sua opinião, sua crítica ou seu entendimento sobre o artigo.
ATENÇÃO! Nem todos os comentários serão aprovados!
Para maiores esclarecimentos sobre aprovação dos comentários acesse a página: SOBRE e leia nossa Política de Comentários.

Get Sharing Tolls