9 de setembro de 2012

VÍDEO INFORMATIVO #5

POLÍTICA E FÉ - LU&TERO COM MARCOS BOTELHO


Por que muita gente acha que política e fé não combinam?
Qual a relevância dos evangélicos na política antes da ditadura?
Por que não podemos mais aceitar o voto de cabresto imposto por igreja, pastores e apóstolos?
Como podemos fazer a nossa fé ser relevante na nossa sociedade?



Assista este vídeo...


Atenção
Este vídeo é apenas uma visão bem-humorada da importância da fé e da política. 


É importante que todos nós saibamos fazer uma boa política, uma política limpa e livre de imposições ou "troca de favores" - também chamada venda de votos.

Cristão comprometido com o Reino de Deus faz política e se envolve sim com política. A política em si é boa. São as pessoas que a transformam e a deturpam de tal forma que ela se torna suja e desonesta.
É dever de todo cristão lutar por políticas públicas honestas, limpas e que favoreçam a sua população. Também é dever do cristão orar em favor dos governantes: "Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus, nosso Salvador" - 1 TIMÓTEO 2:1-3.

E estas orações não devem acontecer somente depois dos governantes serem eleitos. É preciso e extremamente necessário que todos nós cristãos estejamos em orações ainda antes e durante as eleições. Até mesmo pedindo a Deus para que não haja brigas, rivalidades e desentendimento entre os partidos e as convenções partidárias formadas.

O próprio Jesus Cristo, quando posto a prova, respondeu adequadamente:

"Dai, pois, a César o que é de César
e a Deus o que é de Deus." 
LUCAS 20:25

Ou seja, de certa forma, o próprio Cristo nos ensinou que vivemos num mundo político e que devemos honrar a Deus em primeiro lugar e também respeitar os governadores:

"Sujeitai-vos a toda instituição humana pelo Senhor, quer seja ao rei, como soberano, quer às autoridades, como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores como para louvor dos que praticam o bem. Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos; como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus. Tratai todos com honra, amai os irmãos, temei a Deus, honrai o rei." - 1 PEDRO 2:13-17.

Escolha muito bem seu(sua) candidato(a). Verifique seu passado, seu presente. O que ele(a) fez em benefício do seu povo, da sua cidade. Quais os seus princípios morais e religiosos. Candidatos já devem ter um passado político. Devem mostrar o serviço que já desenvolveram para sua comunidade! Fujam de "rostinhos bonitinhos" que iludem o povo "prometendo" que vão fazer "isto" ou "aquilo" e que precisam entrar (ou estar) lá dentro na câmara, para fazer algo pelo povo.


A hora é agora! Vamos fazer a diferença povo de Deus! Porque depois não adianta chorar ou reclamar que foram eleitas pessoas erradas. Agora é a hora de pensar, analisar e mudar se necessário...

"Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores;
 porque não há autoridade que não proceda de Deus; 
e as autoridades que existem foram por ele instituídas. 
De modo que aquele que se opõe à autoridade 
resiste à ordenação de Deus; 
e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação."
ROMANOS 13:1-2

Depois das eleições só nos resta respeitar e obedecer às autoridades superiores (claro - em tudo aquilo que não ferir a Lei de Deus!)

A paz e ricas bençãos do Senhor!

Missionária: Kátia Tribiolli
twitter: @MinistrAmorDeus
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE!
Sua opinião é muito importante para o blog!
Deixe aqui sua opinião, sua crítica ou seu entendimento sobre o artigo.
ATENÇÃO! Nem todos os comentários serão aprovados!
Para maiores esclarecimentos sobre aprovação dos comentários acesse a página: SOBRE e leia nossa Política de Comentários.

Get Sharing Tolls