8 de junho de 2014

Palavra do Pastor #17

O CRISTÃO E A POLÍTICA

Rev. Cleverson Gilvan


            Faltando apenas quatro dias para o início da copa do mundo e o Brasil se vê diante de um dos momentos mais importantes da sua história. E não pense que esse momento tem a ver com os dribles do Neymar ou com as defesas do Júlio César, mas com algo muito mais sério: As eleições de outubro.


            Enquanto alguns tentam desviar nossa atenção para os jogos da copa do mundo, uma série de providências vem sendo tomadas pelo governo contra a família brasileira. A mais recente dessas medidas foi a aprovação no Senado Federal da chamada Lei da Palmada e assim é cada vez mais explícito o interesse ideológico por detrás de cada uma das propostas do governo.

            Como cristãos comprometidos com a ética do Reino de Deus devemos analisar nossos governantes não apenas pela sua política econômica e social, mas também pelas suas proposições ideológicas e pela seus conceitos religiosos. Mas você deve se perguntar: O governo tem conceitos religiosos? Sim, eu posso te garantir! Todas as pessoas tem, mesmo que elas não saibam disso.

            Certa vez Jesus disse: Lucas 11:23 “Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.”. Nenhum ser humano pode ser indiferente a Jesus e ao seu Reino. Isso significa que quando nos submetemos ao Senhorio de Jesus todas as nossas atitudes são em prol do desenvolvimento do Reino e essas atitudes são pautadas pelos princípios das Escrituras. Por outro lado, quando não reconhecemos a Cristo como Senhor sobre tudo e sobre todos, nossas ações estão em franca oposição a Ele. E sobre isso as Escrituras dizem: Salmos 36:1 “Há no coração do ímpio a voz da transgressão; não há temor de Deus diante de seus olhos.

             Por outro lado você também pensa: Mas não devemos orar pelas autoridades? E eu respondo: Sim, mas isso não significa que devamos aprovar todas as suas atitudes e também não quer dizer que estejamos proibidos de discordar e protestar, especialmente quando concluímos que suas atitudes contrariam a vontade revelada de Deus.  

          E quero lembrar que mesmo que nem todos os políticos sejam cristãos verdadeiros, muitos se desenvolveram sob a influência do pensamento cristão e até mesmo seus partidos tem revelado apreço pelas idéias cristãs. São esses que devem ser considerados e, segundo a direção de Deus, objetos dos nossos votos. Pense nisso!




Rev. Cleverson Gilvan

Rev. Cleverson Gilvan Moreira é pastor na IPB Central de Patrocínio - MG.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Amigos, amigas! Irmãos e irmãs! Votar bem é dever nosso como cristãos e como cidadãos da terra e do Reino dos Céus. 

"Sujeitai-vos a toda instituição humana por causa do Senhor, 
quer seja ao rei, como soberano, quer às autoridades, 
como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores 
como para louvor dos que praticam o bem. 
Tratai todos com honra, amai os irmãos,
temei a Deus, honrai o rei."
1ª PEDRO 2:13-14,17


Não fuja da sua responsabilidade de votar. Mas vote consciente!


Muita paz, alegria e ricas bençãos no Senhor!

Missionária KÁTIA TRIBIOLLI
estudante de teologia
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Texto extraído do BOLETIM INFORMATIVO DA IPB CENTRAL DE PATROCÍNIO de 08/06/2014
Link: < http://www.igrejapresbiterianadepatrocinio.blogspot.com.br/2014/06/boletim-informativo-08-de-junho-de-2014.html > em 08/06/2014

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE!
Sua opinião é muito importante para o blog!
Deixe aqui sua opinião, sua crítica ou seu entendimento sobre o artigo.
ATENÇÃO! Nem todos os comentários serão aprovados!
Para maiores esclarecimentos sobre aprovação dos comentários acesse a página: SOBRE e leia nossa Política de Comentários.

Get Sharing Tolls