11 de outubro de 2015

Prestando contas para Deus!

EXAME DE CONTAS DO TCU – Tribunal Celestial Universal
Rev. Cleverson Gilvan

Você já imaginou se suas contas também fossem examinadas pelo TCU? Esta semana quem não gostou nada disso foi o Governo Federal que teve as contas de 2014 rejeitadas pelo Tribunal de Contas da União.
            
Na apresentação do relatório ficou evidente o rigor técnico que não permitiu que nenhuma das manobras chamadas de pedaladas fiscais passasse sem que fosse observada. Aí, eu fiquei pensando: Será que não estaríamos sujeitos também a um exame dessa magnitude?

            
As Escrituras também dizem que passaremos pelo TCU, mas o nosso será o Tribunal Celestial Universal (T.C.U.) e a amplitude da investigação desse tribunal é absoluta, pois o próprio Cristo diz: Apocalipse 20:13  “Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras.”. Assim, eu quero considerar com você algumas realidades desse julgamento.

1) Cristo será o juiz
A palavra sempre ensinou que haverá um tempo em que Deus julgará o mundo - Salmos 98:9  “na presença do SENHOR, porque ele vem julgar a terra; julgará o mundo com justiça e os povos, com eqüidade.”. E, mais especificamente o NT, nos ensina que Cristo será o juiz naquele dia - João 5:22  “E o Pai a ninguém julga, mas ao Filho confiou todo julgamento,”.  Por isso devemos considerar a sua onisciência, para que desde já, busquemos reconciliação mediante o arrependimento.

2) A sua Palavra será o padrão pelo qual seremos julgados
Cristo nos julgará conforme o padrão de justiça revelado na sua Palavra. Por isso lemos: João 12:48  “Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras tem quem o julgue; a própria palavra que tenho proferido, essa o julgará no último dia.”. Veja, Jesus disse que a própria palavra julgará os que o rejeitarem.

3) Todos comparecerão diante do tribunal
E não nos enganemos, todos estaremos diante dele: Romanos 14:10  “Tu, porém, por que julgas teu irmão? E tu, por que desprezas o teu? Pois todos compareceremos perante o tribunal de Deus.

4) Só os que estiverem em Cristo serão livres de uma sentença condenatória. 
Contudo, há uma esperança para quem está em Cristo. João declarou: João 3:18  “Quem nele crê não é julgado...”, mas também: “...o que não crê já está julgado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.”.

Sei que muitos brasileiros aguardam, ansiosamente, os desdobramentos do relatório do TCU de Brasília, mas posso garantir que há muito mais razões para aguardamos as deliberações do Tribunal Celestial Universal.
Pense nisto!


"Quem nele crê não é julgado; 
o que não crê já está julgado, 
porquanto não crê no nome do unigênito de Deus."
JOÃO 3:18


Que você creia em Jesus, o filho unigênito de Deus! O único que pode te dar salvação!


Muita paz, alegria e ricas bençãos no Senhor!

Missionária KÁTIA TRIBIOLLI
estudante de teologia
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Texto copiado do blog: Igregja Presbiteriana de Patrocínio-MG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE!
Sua opinião é muito importante para o blog!
Deixe aqui sua opinião, sua crítica ou seu entendimento sobre o artigo.
ATENÇÃO! Nem todos os comentários serão aprovados!
Para maiores esclarecimentos sobre aprovação dos comentários acesse a página: SOBRE e leia nossa Política de Comentários.

Get Sharing Tolls